1º Encontro Regional de Limpeza Subaquática e Solo



No último dia 29 (domingo), ocorreu no município de Santa Clara D’Oeste, o 1º Encontro Regional de Limpeza Subaquática e Solo no Porto de Areia de cidade.

O encontro fora realizado com o apoio da Prefeitura Municipal, tendo a participação das Secretarias e Diretorias do Turismo, Educação e Serviço Social e do Meio Ambiente, além de voluntários como a Ong Eco Ação e o Grupo Pesca Sub Jales, ainda com a participação de funcionários da SABESP, munícipes e ainda a Polícia Militar Ambiental. Durante a limpeza, fora utilizados caiaques, barcos e mergulhadores profissionais, com o intuito de realizar a limpeza não somente às margens.

A principal função do evento, fora conscientizar a todos a importância da preservação dos rios e suas margens, já que para alguns, trata-se de lazer e para outros, fonte de renda.

Após a limpeza, que iniciou por voltas das 09 horas e com fim as 13horas, retirou-se do local, aproximadamente cerca de 02 (duas) toneladas de lixo, incluindo garrafas pets, copos descartáveis, latinhas de alumínio e até um filtro de caminhão, todos materiais que demoram anos para se decomporem.

Em entrevista, o Engenheiro Jorge Antonio da Cruz (Diretor da Agricultura e Meio Ambiente) afirmou que esta ação foi possível já que é, prioridade da Administração atual despertar na população a conscientização da importância do Meio Ambiente, como também em manter o município com o Selo Verde e Azul no programa da Secretaria do Meio Ambiente Estadual, estando em concordância o Diretor do Turismo José Flávio.

Adiante, afirmou o Prefeito Wair Zarpelão que todos temos a obrigação de colocar o Meio Ambiente como prioridade, já que ele é um dos pilares fundamentais para a vida, tanto do ser humano como de todos os outros seres. Indo além, já que a preocupação deverá ser reconhecida não somente no presente, mas para as gerações futuras. Assim, finalizou que, com dedicação e colaboração, é possível manter a cidade e suas redondezas limpas, tornando o evento um ponta pé inicial para a preservação e reconhecimento da gravidade da situação, servindo assim, de incentivo a todos.